COM A PALAVRA, O GÊNIO

Os conteúdos expostos nesta página não têm fins lucrativos. Temos como único objetivo manter vivo o legado de Michael Jackson.

segunda-feira, 21 de maio de 2012

A CELEBRAÇÃO DOS 25 ANOS DO ÁLBUM "BAD" EM GRANDE ESTILO





Vinte e cinco anos após a frase "Who's Bad" tornar-se um slogan cultural de uma geração, a Epic / Legacy, em colaboração com o Espólio de Michael Jackson, celebrará o legendário álbum lendário e turnê Bad Tour em 18 de setembro de 2012 com o lançamento de um pacote deluxe, BAD 25, que inclui três CDs, dois folhetos colecionáveis, e apresentará o primeiro lançamento de um DVD autorizado do concerto da turnê BAD. 


"A era do BAD representa a 'maioridade' criativa de Michael como um artista solo no comando de cada aspecto de sua carreira -. das músics às turnês e ao merchandising.  Este foi o primeiro álbum em que quase todas as músicas foram escritas por Michael.  Foi também o primeiro álbum na história a produzir cinco singles # 1 consecutivos e levou 2 décadas e meia para um outro artista para corresponder ao sucesso.  Foi também a primeira vez que Michael faria uma turnê como artista solo -.. sua visão, suas decisões sobre o que o show seria. O enorme sucesso do álbum e turnê BAD foi um momento crucial no crescimento de Michael como compositor, músico e produtor consolidando seu papel como o Rei do Pop. Estamos entusiasmados para celebrar tal era histórica em carreira de Michael com este lançamento ", afirmou John Branca e John McClain, co-executores do espólio de Michael Jackson.


O destaque do pacote é o DVD do lendário concerto de 16 de julho 1988 no Estádio de Wembley. O concerto não é uma compilação de performances, mas sim um show completo, exatamente como Michael executou para o príncipe Charles, Princesa Diana e os 72.000 fãs que estavam na platéia para um show com lotação esgotada. Esse show foi um dos sete shows esgotados com  mais de meio milhão de pessoas - um número três vezes maior de pessoas tentaram comprar ingressos. O DVD foi adquirido a partir de cópia pessoal VHS de Michael Jackson exibido durante o show. Este filme só recentemente foi descoberto e é a única cópia conhecida do show. As imagens foram restauradas e a qualidade de áudio aprimorada para que os fãs pudessem compartilhar a emoção do que foi a famosa noite.


 CD re-masterizado álbum original BAD

Um CD contendo material inédito gravado no estúdio pessoal de Michael em Hayvenhurst. Este material inclui versões demo de músicas do álbum, bem como demos de canções não incluídas no álbum final. Todo esse material está sendo lançado na forma como foi gravado durante as sessões de BAD. Nada foi adicionado. Além disso, este CD também incluirá novos remixes de DJ/ produtores de renome internacional. 

Um CD que apresenta o áudio das gravações do caminhão de som do show de 16 de julho em Wembley. O primeiro CD ao vivo de Michael Jackson a ser lançado,  é conhecido como o único show da turnê Bad em possuir multi-faixas.

Este magnífico box com 3 CDs e 1 DVD também incluirá dois livretos com extensas e ainda invisíveis fotos das sessões de gravação, videoclips e show, a arte original da capa de BAD, um pôster frente e verso e mais. Uma versão "standard" de BAD 25 contendo o álbum original mais o CD de demos e novos remixes também será lançada assim como uma versão solo do DVD e um picture disc do álbum original.
Em 5 de junho nos EUA (04 de junho em outros países), a Epic / Legacy Recordings vai relançar o primeiro single do álbum "I Just Cant Stop Loving You", como um CD simples com uma faixa bônus inédita das sessões de BAD, "Don't Be Messin' 'Round (demo)". Este será um lançamento  exclusivo nos EUA e não estará disponível digitalmente.

Em 26 de junho uma réplica do single original de 7 em "vinil com B-side original contendo 'Baby Be Mine'será disponibilizado para o mundo. O primeiro single de BAD, " I Just Cant Stop Loving You, " foi lançado originalmente em 7" vinil em 1987. A edição 7" da música só esteve disponível até hoje no vinil do single.
Recentemente, a Pepsi anunciou uma parceria exclusiva mundial com o Espólio de Michael Jackson como parte de seu novo "Live for Now" da campanha. A partir deste mês, Michael Jackson e os fãs da Pepsi em mais de 20 países ao redor do mundo irão experimentar essa parceria em uma variedade de formas, incluindo uma campanha de um bilhão de latinhas da PEPSI 
em comemoração ao Bad 25, eventos ao vivo e oportunidades aos fãs para acessar merchandise exclusivo e novas músicas do BAD 25.

O álbum Bad foi o terceiro álbum de Michael Jackson produzido por Quincy Jones e foi originalmente lançado em 31 de agosto de 1987. Foi monumental, em muitos aspectos; Michael escreveu nove das onze faixas do álbum e recebeu crédito como co-produtor do álbum inteiro. O álbum foi # 1 em todo o mundo, fez história com cinco singles # 1 consecutivos na parada da Billboard, produziu dez singles no topo das paradas, nove inovadores curtas-metragens e até hoje, o álbum Bad vendeu cerca de 45 milhões de cópias. BAD foi indicado a seis Grammys e ganhou dois, o álbum deu a Michael a primeira Vanguard Award vídeo no MTV Awards VMA. Músicas do álbum original são: "Bad", "The Way You Make Me Feel", "Speed ​​Demon", "Liberian Girl", "Just Good Friends", com Stevie Wonder, "Another Part of Me", "Man in the Espelho "," I Just Can't Stop Loving You "," Dirty Diana "," Smooth Criminal ", " Leave Me Alone ", acrescentada após o lançamento do álbum.


A Bad World Tour foi a primeira turnê de Michael como artista solo. A turnê incluiu lendários 123 concertos assistidos por mais de 4,4 milhões de fãs em dezasseis meses. Quando concluída, a turnê tinha quebrado todos os recordes anteriores em audiência e rendimento bruto total acrescentando três novas entradas no Guinness World Records para a maior bilheteria de turnê  da história, a turnê com maior público da história e os shows mais vendidos para o estádio Wembley.



Mais detalhes sobre este e outros projetos interessantes relativos ao 25​​º aniversário do BAD serão anunciada em breve.


Posição do blog sobre a parceria com a Pepsi:

Não podemos perder de vista que a razão de ser desta celebração é ele, Michael Jackson, com a preservação e valorização de seu legado artístico.
As latinhas da Pepsi não devem jamais e em hipótese alguma, sobrepor o legado de Michael. E nós, fãs, temos nossa parcela de responsabilidade sobre isso.
Sobre a renovação de parceria com a Pepsi, acredito que se passaram 19 anos do episódio de 93, quando houve a quebra de contrato com Michael. Naquele episódio em particular, a Pepsi foi uma das consequências e não a causa do problema. E perdeu com a quebra de contrato, pois, naquela ocasião, a Coca-cola aumentou as suas vendas em cerca de 20%. 
E agora, esta parceria, de uma certa forma, corrige os erros do passado. E não só Michael, mas vários outros artistas reconhecidos no mundo também firmaram contratos com esta mesma empresa. Ex: Tina Turner, Madonna, Gloria Stefan, Beyoncé, Lionel Richie, Bob Dylan, Justin Timberlake e outros. Portanto, Michael não foi o único.
Levando-se em conta a continuidade da agressividade da imprensa em relação a Michael, uma parceria como a que está acontecendo agora, é bem vinda, para somar forças e fazer com que o nome e a reputação de Michael voltem definitivamente para o mais elevado patamar.
E, para concluir, considero que o episódio com a escola que tampou o nome de Michael do auditório bem mais grave que a quebra de contrato da Pepsi, pois, trata-se de uma Instituição de Ensino e quantos alunos passaram por aquela escola e viram aquela vergonha tampando o nome de Michael durante sete anos? E o que foi dito a eles sobre o assunto?
E a direção da escola, pressionada ou não, precisou corrigir o grave erro cometido.
E agora, no caso da Pepsi, da mesma forma que o espólio está associando Michael com a empresa de refrigerantes, a recíproca também é verdadeira.
Que seja produtivo para o LEGADO, que é o que nos interessa.




Fonte:


http://www.michaeljackson.com/us/news/25th-anniversary-michael-jacksons-landmark-album-bad-celebrated-september-18-release-new-bad-25

4 comentários:

  1. É isso mesmo.. que as latinhas da Pepsi venham para somar, não para sobrepor a Michael. Muito bom o seu texto, angel!

    ResponderExcluir
  2. Quando eu fiz esse texto, estava no auge das latinhas da Pepsi. rs

    ResponderExcluir
  3. E nada por aqui.. não dá pra acreditar!

    ResponderExcluir